Parceira público-privada oferece curso de formação técnica em “protensão”

Joaquim Caracas com CEO Jefferson de Paula e representantes da ArcelorMittal juntamente com o  Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará Inácio Arruda.

Joaquim Caracas com CEO Jefferson de Paula e representantes da ArcelorMittal juntamente com o  Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará Inácio Arruda.

Parceira público-privada oferece curso de formação técnica em “protensão”

Para contribuir na formação de mão de obra qualificada, a Impacto Protensão, especializada na técnica de protensão não-aderente em estruturas, em conjunto com a ArcelorMittal, referência na indústria de aço, assinaram hoje (24) um termo de cooperação com o governo do Estado do Ceará para oferecer um curso de formação de técnicos em Protensão, destinado aos alunos do sistema de ensino público.

A técnica de protensão é baseada na criação de tensões prévias de compressão no concreto, para compensar os esforços de tração que o material sofrerá quando receber sobrecargas, como por exemplo, na estruturação de pontes.  A formalização da parceria foi feita na presença do secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado do Ceará, Inácio Arruda, do presidente da Impacto Joaquim Caracas e do CEO da ArcelorMittal, Jefferson de Paula.

“É uma grande conquista para nós, porque estamos aumentando o grau de qualificação dos profissionais que saem do curso para o mercado de trabalho cearense e para outras regiões do Brasil”, afirmou o secretário Arruda, que acrescentou:  “esta é minha primeira visita ao Concrete Show e identifico uma apresentação de expositores de qualidade e com muitas inovações. Este cenário me leva a acreditar que a indústria está pulsante e que precisamos apenas alinhar o cenário político para atrair investimentos nacionais e estrangeiros para o desenvolvimento tecnológico na construção civil e em outros setores”.    

A Impacto surpreendeu o secretário do Ceará com a doação de uma impressora 3D para facilitar a criação e a personalização de peças usadas na protensão de estruturas. A primeira experiência da colaboração entre as empresas e o estado do Ceará acontecerá na Escola Estadual de Educação Profissional Jaime Alencar de Oliveira e, segundo o secretário, terá papel estratégico no aperfeiçoamento técnico dos alunos, ampliando a capilaridade da educação técnica dentro da indústria da construção civil.

Fonte: Conteúdo Empresarial - 24 Agosto 2017 - Concrete Show - http://www.concreteshow.com.br/pt/mercado/noticias/1136-parceira-publico-privada-oferece-curso-de-formacao-tecnica-em-protensao

A 10ª edição do Encontro dos Empreendedores Endeavor

endeavor.jpg

A 10ª edição do Encontro dos Empreendedores Endeavor foi realizada nos dias 4 a 6 de agosto de 2017, em Águas de São Pedro (SP). Na programação, momentos de inspiração com grandes nomes do empreendedorismo, networking, troca de experiências e agenda recreativa. Os sócios e diretores da Fortbrasil, Juliana Freitas, Marcelo Filho e José Neto, empreendedores selecionados pela Endeavor, confirmaram participação no evento, que contará com os presidentes da RaiaDrogasil, Antônio Pipponzi, e da Kroton, Rodrigo Galindo.

Anualmente a Endeavor reúne sua rede de empreendedores e mentores em um final de semana intenso de trocas de experiência e presenças especiais. Neste ano tivemos Rodrigo Galindo, CEO da Kroton Educação, António Piponzi, Presidente do Conselho da Raia Drogasil e Sergio Rial, CEO do Santander, Joaquim Caracas, CEO Impacto, também fizeram parte deste grande evento que como sempre, no último dia, acabou em festa.

Estado libera R$ 26,7 milhões para inovação

Ideia é que projetos acadêmicos saiam do papel rumo ao desenvolvimento e à produção física

O governador Camilo Santana assinou, nessa sexta-feira (2), financiamento de R$ 6 milhões para projetos, durante evento realizado na Fiec ( Foto: Nah Jereissati )

O governador Camilo Santana assinou, nessa sexta-feira (2), financiamento de R$ 6 milhões para projetos, durante evento realizado na Fiec ( Foto: Nah Jereissati )

A inovação e a pesquisa, unindo academia e mercado, têm sido beneficiadas com aportes financeiros e incentivos do governo do estado, no Ceará. Em um intervalo de pouco mais de um mês, duas ações liberaram R$ 26,7

 

Nessa sexta-feira (2), o governador Camilo Santana assinou o financiamento de R$ 6 milhões para projetos inovadores no Estado, beneficiando 22 empresas locais, aprovadas por seleção, no edital 05/2016 InovaFit Fase 2.
Antes, em abril, o governo havia anunciado a concessão de 900 bolsas de mestrado e doutorado e oficializou a concessão de 759 bolsas de iniciação científica, em investimento que chegou a R$ 20,7 milhões. O evento de assinatura oficial do contrato do InovaFit Fase
2, na sexta-feira, ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

'Compromisso'

Camilo Santana indicou que o aporte "reforça o compromisso do Estado de, através dos investimentos em boas ideias, fomentar e estimular soluções através de projetos científicos e tecnológicos inovadores". "A gente tem a compreensão que nenhum estado consegue
avançar, se desenvolver e gerar oportunidades se não investir em Educação, Ciência e Tecnologia. Nós temos uma fundação que tem, constitucionalmente, uma meta
para ser cumprida nessa área, temos um fundo de inovação tecnológica. A ideia foi ouvir mais os setores produtivos, empreendedores, as universidades, e trazer todos para um diálogo permanente e construir quais são as prioridades para o Estado e merecem maiores
investimentos", explicou.
O secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior
(Secitece), Inácio Arruda, e o presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Tarcísio Pequeno, participaram da assinatura do termo.

Futuro

Arruda exaltou que, mesmo em meio à crise econômica do País e a crise hídrica do Estado, o Ceará consegue investir em pesquisa, pensando no futuro. "Só com inovação, atraindo as empresas, nós seremos capazes de manter um desenvolvimento em patamares elevados", afirmou. O titular da Secitece explicou que, para receber o aporte destinado pelo Profit, a empresa entra com uma contrapartida, entre 10% e 30% do valor.
O presidente da Funcap, por sua vez, celebrou a saída dos projetos do papel graças ao incentivo financeiro obtido.

"Essas ações de inovação, o Ceará já desenvolve há uma década e têm se tornado regulares. Estamos perto de poder, de fato, estabelecer até um calendário. Já estamos prevendo, se não nesse ano, no próximo, termos um novo edital", informou Pequeno. Um dos beneficiados com o InovaFit, o gerente de Inovação da Impacto Protensão, Luis Filipe Araújo, comemorou o aporte recebido pela empresa. O projeto, um sistema construtivo inteligente de lajes protendidas para edifícios, nasceu dentro da própria empresa e tem como objetivo economizar custos em obras da construção civil.

 "(O incentivo do governo) é importante para que a gente
consiga viabilizar novas melhorias e consiga aplicar esse produto. O objetivo dele é que consiga economizar material e mão de obra. Estamos com uma média de economia de mais ou menos 30% nas obras", afirmou.

texto extraído de: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/mobile/cadernos/negocios/estado-libera-r-26-7-milhoes-para-inovacao-1.1765438